Grupo Quatroloscinco
Foto: Divulgação

Confira a programação do Circuito Em Casa - 30/6 a 5/7


30/06 - Terça - feira - 19h

Video + Live - Terça da Dança - Episódio 2 - Documentário "Danças Negras: um olhar possível para a dança que se faz no Brasil" e comentários ao vivo com Rui Moreira

Sinopse: Em dois episódios, Evandro Passos e Rui Moreira, dançarinos e pesquisadores com 40 anos de carreira artística, narram através de suas trajetórias alguns dos caminhos possíveis para a leitura das danças inspiradas nas matrizes africanas: as Danças Negras. No segundo episódio do documentário serão apresentadas imagens gravadas de Evandro Passos e, em seguida, comentários ao vivo de Rui Moreira. 

Exibição por meio das mídias: YouTube/ IGTV/ Facebook
Edição do documentário: Pablo Bernardo
Classificação: Livre

 

01/07 - Quarta-feira - 12h

Vídeo - Curta-metragem “O Bastão e o Rosário: entre tradições e ressignificações” - Cultura Popular

Sinopse: Escuta-se ao longe o som dos tambores, das gungas e dos patangomes. É a Irmandade de Moçambique Nossa Senhora do Rosário, do bairro Alto dos Pinheiros, que chega para mais uma Festa de Reinado. Em meio aos cânticos entoados pelo Capitão Paulo, respondidos por toda a guarda e em meio aos apitos de comando do Paulo Ensaiador, e os movimentos dos dançarinos do Grupo Folclórico Aruanda, conhecemos a história deste personagem real e sua lida com o Bastão e o Rosário.

Exibição por meio das mídias: YouTube
Duração: 12 minutos
Direção/ano: Ana Luísa Cosse| 2017
Disponível até: 15/07/2020
Classificação: Livre

 

01/07 - Quarta-feira - 20h

Vídeo - Bate-papo gravado sobre “O Bastão e o Rosário: entre tradições e ressignificações” - Cultura Popular

Sinopse: Bate-papo sobre a fronteira entre a tradição e a representação da cultura popular mineira com a diretora, roteirista e dançarina do Grupo Aruanda, Ana Luísa Cosse, Marina Araújo, produtora, roteirista e dançarina do Grupo Aruanda e Paulo Santos, capitão da Irmandade, ator principal do curta e dançarino/ensaiador do Grupo Aruanda 

Exibição por meio das mídias: YouTube
Duração: 30 minutos
Disponível até: 15/07/2020
Classificação: Livre

 

01/07 - Quarta - feira - 22h

Vídeo - Territórios Culturais - Slam com Douglas Din, EdyX MC e Koquin CCT

Sinopse: “Territórios Culturais” é um projeto do Circuito Municipal de Cultura que visa ampliar a atuação do Circuito Municipal de Cultura nas nove regionais de Belo Horizonte.  As ações foram criadas a partir da escuta realizada nos grupos de mobilização desses territórios e promovem a valorização dos artistas locais nas mais variadas linguagens contemporâneas e tradicionais, além de estimular o diálogo geracional reconhecendo, interagindo e integrando culturas territoriais. 

Algumas ações destes territórios serão apresentadas na programação do Circuito em Casa. Na primeira delas, poetisas, poetas e MC´s, experientes e principiantes de diferentes territórios culturais, participam de desafios temáticos de Slam por meio da interação virtual, onde o artista da vez grava um poema e lança o tema para o próximo artista. Confira o primeiro vídeo do desafio de Slam com a participação de Douglas Din, um dos grandes MC’s da atualidade (Território Vila Fátima), EdyX MC que é articulador cultural e ativista do movimento Hip-hop (Território Usina da Cultura) e Koquin CCT, poeta, produtor e beatmaker (Território São Bernardo).

Douglas Din é MC mineiro e seu caminho se confunde com a história do “Duelo de MCs”, projeto que ocupa o centro de Belo Horizonte desde 2007. Já lançou os álbuns Causa Mor (2014), Ensurdecedor (2015) e #CmJ (2019), este último em parceria com o estúdio 8 Portas Produções.

Edivani Alicio, conhecido como EdyX MC, além de compositor autoral, articulador cultural, ativista do movimento hip-hop e fundador do Projeto Preto Livre, atua em causas a favor da população negra.

Koquin CCT já se apresentou em diversos eventos de BH e região metropolitana e está trabalhando no lançamento do seu primeiro álbum “Entidade”.

Exibição por meio das mídias: YouTube/ IGTV /Facebook
Classificação: Livre

 

02/07 - Quinta-feira - 19h 

Vídeo - Homenagem aos 50 anos do Grupo Giramundo (BH) – Teatro de Bonecos 

Sinopse: Criado em 1970, em Belo Horizonte, o Giramundo é referência nacional e internacional na construção de bonecos e espetáculos, aliados ao interesse pela cultura brasileira. O grupo já montou 36 espetáculos e já produziu mais de 1.500 bonecos, atuando também como um “museu-teatro-escola”, com estúdio de animação e a criação de produtos como livros, vídeos e brinquedos. Nesta apresentação do Circuito em Casa, o Giramundo apresenta uma pílula com o “Coelho”, personagem do espetáculo “Alice no País das Maravilhas”, montagem de 2013, com trilha sonora de Jhon Ulhoa e voz de Alice interpretada por Fernanda Takai. Uma lembrança de mais um espetáculo marcante do Grupo.

Exibição por meio das mídias: YouTube/IGTV/Facebook
Duração: 2 minutos
Classificação: Livre

 

02/07 - Quinta-feira - 20h 

Vídeo - Quatroloscinco em Leitura - Grupo Quatroloscinco - Teatro do Comum - Teatro

Sinopse: Percorrendo sua dramaturgia autoral (É só uma formalidade, Outro Lado, Get Out! Humor, Ignorância, Fauna e Tragédia), os atores do Quatroloscinco fazem uma releitura audiovisual de trechos dos espetáculos, propondo novos olhares a partir da situação do isolamento e da impossibilidade do encontro presencial.

Exibição por meio das mídias: YouTube/Facebook
Duração: 20 minutos
Classificação: Livre
Disponível até: 02/08/2020

 

02/07 - Quinta-feira - 21h

Vídeo - Ações sem um Léxico de Liberdade com Idylla Silmarovi- Artes Visuais 

Sinopse: "Ações sem um léxico de liberdade" faz parte da série fotográfica da artista Idylla Silmarovi "Leituras em dias de isolamento" inspirada em performers latino-americanas, onde dialoga com elementos de suas produções e textos que lê durante o período de isolamento. A série conta com nove poesias visuais disponibilizadas em seu Instagram, na qual aponta as referências de inspiração tanto em textos quanto em performances. O vídeo-performance foi realizado pela própria artista por meio de seu celular e com interferências visuais de Alexandre Hugo. Trata-se do jogo de buscar em palavras e metáforas traduzidas em ações mascaradas e imagens poéticas, a partir das percepções da artista em relação ao tempo em que vivenciamos coletivamente no planeta, a partir de um olhar feminista e Sudaca.

Plataforma de exibição: Vimeo
Inscrições para recebimento de senha de acesso à atração até meio-dia de 02/07 
Acesse o link na bio do @circuitomunicipaldecultura
Classificação: 18 anos

 

02/07 - Quinta-feira - 22h

Vídeo - Territórios Culturais - Slam com Iza Reys, Da Lua MC e Matos

Sinopse:  Confira o segundo vídeo do desafio de Slam com a poeta e MC Iza Reys (Território Bairro das Indústrias), o compositor Da Lua MC (Território de Venda Nova) e o compositor e MC Matos (Território Salgado Filho).

Iza Reys é poeta marginal e iniciou nas batalhas de slam em 2017, no Slam Clube da Luta. Em 2019 ocupou a sexta colocação na competição nacional de poesia falada. É integrante do Coletivo Afrolíricas, composto por três mulheres que buscam emancipação por meio da poesia falada.

Lucas Oliveira Miranda (Da Lua MC) é participante de Batalhas de Slam, MC compositor e presidente do Coletivo RLN.

Weslley Matos, mais conhecido como Matos, é compositor autoral.

Exibição por meio das mídias: YouTube/ IGTV/Facebook
Classificação: Livre

 

03/07 - Sexta-feira - 20h 

Vídeo - The Innernettes - “comuna Video Edit” – Artes Visuais Integradas

Sinopse: The Innernettes é um projeto de artes visuais integradas formado por Vinicius Cabral e Christian Bravo. Trata-se de um trabalho de apropriação de samplers do repertório da publicidade e da cultura pop dos anos 80 e 90, tendo em vista a criação de músicas e vídeos originais, a partir da estética “vaporwave”, expandindo suas associações estético-musicais para outras plataformas e provocando assim um deslocamento em relação ao imaginário popular construído em torno deste universo. Em sem novo trabalho. "comuna", o duo "brinca" com centenas de samplers em uma imersão no universo distópico do capitalismo tardio e na iconografia de resistência, associada a movimentos populares de esquerda. Com isso, o grupo pretende resgatar uma das vocações originais do "vaporwave": a apropriação crítica do imaginário capitalista e a sátira.   

Exibição por meio das mídias: YouTube/IGTV/Facebook
Duração: 50 minutos
Direção/ano: 2020
Classificação: Livre

 

03/07 - Sexta-feira - 22h

Vídeo - Territórios Culturais - Slam com Carolina Fernandes, Adriely Werneck e Michael Pepe

Sinopse: Confira o terceiro vídeo do desafio de Slam com a arte-educadora, trancista, Bgirl e artista circense Carolina Fernandes (Território Zilah Spósito), Adriely Werneck, artista, poetisa e professora (Território Lindéia/Regina) e Michael Pepe, produtor cultural e compositor instrumentista (Território Jardim Guanabara).

Carolina Fernandes Oliveira Pinto, participa de diversos saraus e é vencedora da 1° edição de Slam do Coletivo Artigo das Ccrias. 

Adriely Werneck é artista, poetisa, estudante de licenciatura em Artes Visuais e professora de programação no CLIC - SMED.

Michael Pepe é produtor do projeto Funk no Mapa da Cultura, compositor instrumentista e produtor cultural do Coletivo da Juventude. 

Exibição por meio das mídias: YouTube/ IGTV /Facebook
Classificação: Livre

 

05/07 - Domingo - 11h

Vídeo - “História da Arca” com Ana Cristina - Música e Contação de Histórias - Exibição única

Sinopse: Imagine um cenário e enredo no qual os personagens são os poemas/canções emblemáticos do poeta Vinicius de Moraes, contando o que acontece no cenário de uma casa muito engraçada. “História da Arca” solo traz Ana Cristina e seu violão, mais alguns personagens em brinquedos sonoros improváveis, mas que transbordam a imaginação de crianças e adultos com alegria, afeto, aconchego. Num cenário multicor e conversando diretamente com o espectador, Ana fala, canta, brinca e entra na sua casa.

Exibição por meio das mídias: YouTube/Facebook
Duração: 50 minutos
Classificação: Livre

 


05/07 - Domingo - 17h

Vídeo - Forró Pé de Serra com João Bezerra (Trio Bodocó) - Música

Sinopse: João Bezerra, nascido na cidade de São Mamede, estado da Paraíba e integrante do Trio Bodocó, começou a tocar acordeon ainda criança com seu pai Severino Bezerra, tocador de sanfona de oito baixos. Em 1986, decidiu ir para São Paulo onde começou sua carreira musical. Em 2000 veio para Belo Horizonte onde formou o Trio Bodocó e participou de vários eventos com artistas conhecidos como Domiguinhos, Xangai, Falamansa, entre outros. Nesta live, João Bezerra apresentará um repertório com músicas do grupo e o melhor do forró pé de serra.

Exibição por meio das mídias: YouTube/IGTV/Facebook
Classificação: Livre
 

 

Parceiros realizadores