Eventos /  Lançamento la la-ticket green  /  Música

Lançamento “Ao vivo no Motor” - Marimbando

Descrição

Da potente fusão sonora entre as matrizes da música popular brasileira, a flauta, a percussão africana e elementos que vão do rock ao hip-hop, surge o som plural da Marimbando. O grupo mineiro, que completa cinco anos de história em 2020, acaba de lançar seu primeiro EP, “Ao Vivo no Motor”, já disponível nas principais plataformas digitais de streaming. O trabalho traz quatro faixas autorais gravadas no Estúdio Motor, em Belo Horizonte, que servem como cartão de visitas para o disco de estreia da banda, previsto para ano que vem.

Segundo Marcelo Novaes (voz e violão), a ideia do EP surgiu durante a pré-produção do álbum e foi apoiada pelo produtor Rafael Dutra, do Estúdio Motor. “Apesar de não assinar a produção dessas faixas, o Rafa deu sugestões bem interessantes e significativas. Sem contar que é um engenheiro de som muito bom, então toda a captação foi muito interessante”, diz o músico, ressaltando que a gravação foi feita toda em um dia só, realmente no esquema ao vivo.

“Escolhemos quatro das 14 canções que vínhamos trabalhando, das quais umas dez devem entrar no disco.  O resultado foi um cartão de visitas bastante apresentável”, continua Novaes, lembrando que o plano de ação da banda foi traçado antes da pandemia do Covid 19. “A ideia era trabalhar essas músicas para circular em shows e festivais, antes do lançamento do disco. É bem provável que as faixas estejam no álbum cheio, mas em versões de estúdio. Com outras camadas, texturas e arranjos”.

Uma das músicas de “Ao Vivo no Motor” é “Algoritmo”, primeira composição coletiva da Marimbando. Recentemente, a faixa ganhou um videoclipe, que mescla cenas da banda no Estúdio Motor com imagens aéreas de Belo Horizonte durante a quarentena, entrecortadas por grafismos que compõem a identidade visual da Marimbando, criada pelo designer Átila Milanio. Lançado no YouTube, no dia 13 de junho, o vídeo tem direção-geral, edição e fotografia assinados por Luís Evo, da Primata Filmes.

Além de Novaes, a Marimbando é formada por Érico Grossi (percussão), Gabriel Marques (percussão), Luiz Prestes (baixo) e Thiago Araújo (flauta e esclaeta). Neste ano, a banda contou com a entrada da cantora Michelle Oliveira (Cromossomo Africano), que também tocará violão e percussão, mas que não participou ativamente da gravação do trabalho.

Assim como a maioria das músicas da Marimbando, a letra desenrola as reflexões poéticas da caneta afiada de Marcelo Novaes, que desta vez observa relações sociais na contemporaneidade. “É uma alegoria destes tempos atuais, em que o algoritmo surge como mediador impositivo das nossas trocas humanas. Um tempo marcado pela emergência e suas infinitas implicações”, sublinha.

Sobre as outras faixas, “Varandeiro” é assinada apenas por Novaes, enquanto “Rota Rota” é uma parceria do vocalista com o percussionista Gabriel Marques. Já “Rural” é dos irmãos mineiros Bernardo e Leonardo Leitão, de Manhuaçu. “É uma música que a gente toca desde o início, que já foi gravada pela Confraria, pelo Rodrigo Jerônimo. E são todas versões muito diferentes. É um dos hits deste trabalho. Muito regional e, ao mesmo tempo, universal, cosmopolita”, finaliza.

Sobre a Marimbando

Formada em 2015, a Marimbando dedica-se à criação de canções autorais partindo de uma formação peculiar: duas percussões, uma flauta transversal, um violão e um baixo. Do encontro e da sintonia entre amigos e músicos, surgem canções com sonoridade de forte relevo rítmico e letras que exalam densidade poética e crítica. Ao mesmo tempo em que propõe a reflexão, a Marimbando convida ao encontro, à dança e à fruição artística.

Além do repertório próprio, em seus shows a banda trabalha releituras de grandes compositores brasileiros que a referenciam, entre eles Noel Rosa, Tom Zé, Lenine, Maurício Tizumba, Chico Science e Nação Zumbi, Criolo e Sérgio Sampaio. Até hoje, a Marimbando já circulou por casas de show em BH e no interior, além de festivais como “VI Festival Cultural de Sabará”, “XVI Encontro Cultural de Milho Verde”, “III Acampamento Nacional do Levante Popular da Juventude” e “8º Festival Cultural de Miguel Burnier”.

Localização
Online
Video

 

Informações
Data
a
Marimbando lança EP que passeia pela música brasileira, misturando flauta e percussão.
Entrada
Gratuito